Psicoterapia online substitui atendimento presencial?

Texto escrito em parceria com Daniel Gabarra

Nos últimos anos, a tecnologia passou a ser cada vez mais utilizada para permitir a comunicação entre as pessoas, que gradativamente foram se familiarizando com essa forma de interação.

De maneira geral, o atendimento psicológico para adultos usa a interação pela fala e o estímulo à autopercepção dos pacientes para promover mudanças e autoconhecimento. Esses objetivos podem ser (e têm sido) alcançados pelos processos psicoterapêuticos online. Assim como na forma presencial, o estabelecimento de vínculo entre terapeuta e paciente é fundamental e também deve considerar as especificidades e necessidades de cada paciente.

A Psicoterapia online facilita o acesso?

A utilização do atendimento mediado pelos recursos tecnológicos expande as possibilidades de acesso a esse serviço da psicologia, e permite que os pacientes busquem profissionais com características e capacitações específicas fora da região onde moram. Esse é um recurso valioso, por exemplo, para quem vive em um país estrangeiro e não tem acesso a profissionais e acompanhamentos que tenham a mesma língua materna.

Como ela acontece?

As sessões se dão, principalmente, de forma síncrona, ou seja, a conversa entre as pessoas acontece no mesmo lugar digital e no mesmo período de tempo em que ambos tenham a possibilidade de emitir voz e imagem. A videochamada é um recurso importante para facilitar o rapport e a comunicação não verbal. Nos casos em que isso não é possível, como em falhas técnicas, pode ser utilizada a chamada de voz.

Em situações nas quais é necessário suporte pontual, como direcionamento de tarefas entre sessões, pode ser usada uma comunicação assíncrona, ou seja, quando uma mensagem de voz, texto ou vídeo pode ser acessada e respondida em um momento diferente de quando foi enviada.

setting terapêutico muda com relação ao atendimento presencial. Neste, o terapeuta é o principal responsável pela sua organização e montagem. No online, cliente e psicólogo precisam organizar seus respectivos espaços físicos onde a sessão será realizada. Isso envolve, por exemplo, negociar com as pessoas com quem se vive para respeitarem o tempo e privacidade da sessão, atentar para uma iluminação que torna o ambiente mais confortável e verificar a qualidade e estabilidade da conexão de internet para uma boa captação de áudio e imagem. Outro ponto é a vantagem que as mãos livres dão ao cliente de se expressar com liberdade e conforto. Na impossibilidade de uso do computador, um suporte para o celular ou tablet pode auxiliar bastante.

Quais ferramentas e recursos são usadas?

O acesso pode ser realizado tanto via celular, tablet ou computador. A vantagem do celular é a familiaridade das pessoas com ele. Por outro lado, é mais vulnerável a interrupções como notificações e chamadas. O tablet tende a ser menos exposto nesse aspecto. O computador oferece maior diversidade de manejos, como a integração de música estéreo (para áudio biolaterais, por exemplo) durante o atendimento ou, ainda, a possibilidade de conexão via cabo, que é mais estável do que uma conexão wi-fi.

Algumas ferramentas têm sido mais utilizadas para fazer os atendimentos online, como WhatsApp, Skype e Zoom. De maneira geral, há um grande debate sobre a vulnerabilidade dos sistemas que possibilitam a comunicação mediada pela tecnologia, sendo importante atentar para as medidas de segurança e a rapidez das empresas em darem respostas para manter a segurança e a estabilidade da conversa.

Whatsapp é recomendado para os momentos de interrupção dos meios de comunicação preferenciais, como Skype e Zoom. Como ele é bastante difundido e prático, por isso, mantê-lo como uma alternativa disponível é importante, caso a ferramenta principal falhe.

Skype, em geral, é o preferido pelos pacientes que já o conhecem, tanto pelo costume, como pela facilidade do uso. Já o Zoom realiza conexões integradas de internet e telefonia (integra, na mesma sessão, o vídeo pela internet e o áudio pela ligação telefônica), permitindo uma boa sessão em caso de instabilidade da conexão da internet. É um recurso especialmente conveniente para pessoas que vivem em lugares remotos.

Como fica o resultado?

As interações virtuais passaram compor mais uma ferramenta para o atendimento em Saúde Mental e para a busca por qualidade de vida, ampliando as possibilidades de acesso e escolha do terapeuta. Assim, o atendimento online integra novas possibilidades de cuidado e pode se articular ou não com o atendimento presencial, tal como oferecer sessões presenciais esporádicas. Portanto, o atendimento online não se contrapõem com o atendimento presencial, mas soma-se a estepotencializando os processos terapêuticos.

Publicado por Tiago Noel Ribeiro

Psicólogo que atua com cuidado mediadas pela arte, com o debate sobre o papel da psicologia em CAPS e como psicoterapeuta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: